Mulher cai no golpe do WhatsApp e perde mais de R$ 1.200, na zona rural de Cajazeirinhas

Uma auxiliar de serviços gerais, de 48 anos, que mora no sítio São Braz I, zona rural de Cajazeirinhas, procurou a delegacia de polícia civil de Pombal na tarde desta terça-feira (08) para denunciar que foi vítima do golpe do Whatsapp, onde o estelionatário se passou por um filho seu e pediu dinheiro, tendo ela acreditado no criminoso e efetuado a transferência bancária de R$ 1.266,66.

O Blog do Naldo Silva teve acesso ao teor da denúncia (veja abaixo), mas decidiu preservar a identidade da vítima.

Segundo ela, o golpista iniciou a conversa a chamando por “mãe” e informando que estava usando outro número, pois o seu havido dado pane e encaminhado para o conserto. Ele usava um número com DDD da Paraíba: (83) 98169-6455.

Acreditando na conversa, a mulher chegou a perguntar quais dos filhos era e escreveu os dois nomes, tendo ele respondido um deles.

O criminoso ainda usou outro argumento já conhecido nesse tipo de golpe: que não estava conseguindo acessar o aplicativo do seu banco e pediu que a “mãe” fizesse um PIX, repassando os dados bancários em nome de Alexandra Ferreira Gonçalves Alves, numa agência da Caixa Econômica, sediada na cidade de São Luis de Montes Belos, no Estado de Goiás.

Ainda conforme a vítima, após ela fazer a transferência o golpista fez novo pedido de depósito, ocasião em que ela percebeu que havia sido enganada.

A notícia crime foi registrada na delegacia de polícia para fins de ajuizamento das ações relacionadas ao fato.

Blog do Naldo Silva